Subscreva a nossa newsletter:
Um Partido pelo poder, mas um Partido coerente.
(…) Um partido existe para disputar o poder. Ele próprio é centro de disputa do poder. Mas tem de resistir à atracção daqueles que procuram acenar-lhe com glórias… Mas tem de saber resistir-lhe, em nome da fidelidade aos eleitores, em nome da fidelidade aos seus militantes.
Francisco Sá Carneiro, 03-08-1977